Fundação Municipal de Cultura Prefeitura de Belo Horizonte

DE 15 A 22 DE OUTUBRO

De Favelas - Semana IDEA de Artes Negras - SIAN - 29-08-17 - Pablo Bernardo (2)

Exposições: memória afro-brasileira contemporânea em destaque

O passado e o presente do povo negro, em especial das mulheres negras, se encontram durante o 9º FAN BH – FAN MULHER. Obras de Maria Rosa, Leon Passos, Lori Figueiró, Cleiton Gos, Marcial Ávila, Elen Eres e os trabalhos de onze fotógrafos, presentes na mostra idealizada por Simone Moura, serão expostos durante o festival. Os artistas trazem a discussão sobre a memória afro-brasileira, homenageando personagens de grande importância e refletindo sobre os territórios agora ocupados pelos povos negros.

Conheça cada uma delas e programe-se para visitar:

Exposições variadas e visitação à Igreja das Santas Pretas

A partir de amanhã os afrescos de Cleiton Gos e Marcial Ávila estarão disponíveis para visitação no Muquifu – Museu dos Quilombos e Favelas Urbanas, das 13h às 18h. O espaço, localizado na Vila Estrela, é dedicado às produções artísticas das favelas, construindo uma verdadeira memória viva da periferia. Os trabalhos narram as alegrias e dores de Maria de Nazaré e fazem um paralelo com as Memórias das Mulheres da Vila Estrela. Programação associada. Pode haver cobrança de ingressos.

Candaces – Mulheres no Poder

O Hostel Adrena – localizado na Av, Getúlio Vargas, 1635, Funcionários, exibe os trabalhos do artista plástico e produtor cultural Marcial Ávila. A proposta busca representar mulheres negras ativas e empoderadas. Programação associada. Pode haver cobrança de ingressos.

De 17 a 28 de outubro no CRJ

Simone Moura. Creditos Franscisco Valdean

Das Favelas,inventário imagético afetivo

Com curadoria da fotógrafa e pesquisadora, Simone Moura, a exposição contará com trabalhos dos seguintes fotógrafos populares: André Cavaleiro, Alexsandro Trigger, Bianca de Sá, Dea Vieira, Débora Costa, Gabriela Matos, Marcos Paulo de Jesus, Marcus Vieira, Rafael Freire, Ronald Nascimento, Simone Moura. Todos eles moradores de pelo menos seis comunidades de BH e região metropolitana: Aglomerado Serra, Aglomerado Santa Lúcia, Morro das Pedras, Alto Vera Cruz, Cabana do Pai Tomás (todas elas em BH), e o bairro São Cosme em Sabará. Uma diversidade de olhares para mostrar toda a diversidade das vilas e favelas da cidade, com o objetivo de ressignificar territórios em constante disputa simbólica.

Foto de Lori Figueiró - homenagem a Lira Marques

Lira Marques: Sementes da Terra Maturada – Lori Figueiró

Dentre incontáveis talentos, o fotógrafo autodidata e vídeo-documentarista Lori Figueiró escolheu trazer à luz as produções de Lira Marques, reconhecida artesã do Vale do Jequitinhonha, através de fotografias e amostras de seu trabalho. Lira traz em si a representação de todas as mulheres do sertão, para o artista ela é, assim como seus trabalhos, semente da terra maturada. O Vale é uma incubadora de histórias ímpares e obras genuínas de rara beleza. A arte semente está nas produções de seus filhos, pessoas moldadas pelas dificuldades e pelo esquecimento, mas que trazem em si a herança ancestral dos povos originários e dos negros que ali se estabeleceram.

Mulheres Negras: Passado e Presente – Maria Rosa

A artista Maria Rosa tem um vasto trabalho fotográfico que, entre outros propósitos, evidencia consciência e força da mulher. As especificidades de gênero, relações de trabalho e afetivas, educação,entre outras, são abordagens feitas por ela em sua arte. Na exposição, buscará afirmar a grande importância do processo libertário da mulheres, sobretudo o feminismo negro.

Expresse – Elen Eres

A exposição EXPRESSE, de Elen Eres, mostra, por meio de colagens, a diversidade das vivências de mulheres negras na sociedade atual. Composta por 20 imagens que utilizam técnicas do audiovisual, de colagem digital e da fotografia, a exposição enfatiza formas, texturas, cores, referências e significados que trazem uma conexão entre si e ligam-se às diversas maneiras de se expressar das mulheres negras.

Leon Passos

Artista plástico autodidata há 23 anos, Leon Passos desenvolve trabalhos com pintura e escultura a partir de técnica própria desenvolvida com massa de papel reciclado. Seu acervo possui, entre outras criações, mandalas e objetos ornamentais inspirados nas culturas africanas e indígenas.

O FAN-BH acontece entre os dias 15 e 22 de outubro, em vários espaços da cidade. Confira a programação no site: http://www.fanbh.com.br/programacao/. A entrada é gratuita para toda a programação oficial. Pode haver cobrança de ingressos na programação associada.

Programação: 

15 a 22 de outubro | 24 horas – Exposição Candaces – Mulheres de poder | Artista: Marcial Ávila. | Hostel Adrena – Av. Getúlio Vargas, 1635A – Funcionários. Programação associada

16 a 20 de outubro | 13h às 18h – Exposições diversas e Igreja das Santas Pretas | Muquifu – Museu dos Quilombos e Favelas Urbanas – R. Santo Antônio do Monte, 708 – Estrela. Programação associada.

De 17 a 28 de outubro – Segunda-feira, das 18h às 22h | Terça a sexta, das 9h às 22h | Sábado, das 9h às 18h. | Centro de Referência da Juventude – R. Guaicurus, 50 – Centro.
09h00 – Exposição Memórias Mulheres Negras – Passado e Presente – Maria Rosa
09h00 – Exposição Das Favelas, inventário imagético afetivo
09h00 – Exposição Lira Marques: Sementes da Terra Maturada – Lori Figueiró

17 a 31 de outubro | Terça a sexta – 10h às 21h / sábado e domingo 16h às 21h – Exposição Expresse | MIS – CINE SANTA TEREZA – R. Estrela do Sul, 89 – Santa Teresa.

19 a 22 de outubro | 09h00 às 22h – Exposição Leon Passos. | Teatro Marília – Av. Prof. Alfredo Balena, 586 – Santa Efigênia.

 

Foto: Pablo Bernardo – SIAN, no IDEA Casa de Cultura

Foto: Franscisco Valdean

Foto: Lori Figueiró